Carteira Digital de Trânsito – Como Usar?

Você conhece a Carteira Digital de Trânsito (CDT)? Esse é um aplicativo que reúne dois documentos no celular. Um deles é a CNH Digital, válida desde fevereiro de 2018 e disponível desde dezembro do mesmo ano, e que serve para substituir a Carteira Nacional de Habilitação em papel. O outro é a versão virtual do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), conhecido popularmente como “documento do veículo”.

O app para Android e iOS está disponível em qualquer estado do país e no Distrito Federal para qualquer brasileiro ou estrangeiro que possua a documentação no formato tradicional. 

Continue lendo para conferir tudo o que você precisa saber sobre o app CDT.

Como funciona a Carteira Digital de Trânsito?

Como já mencionamos, o CDT é um aplicativo que carrega versões digitais da CNH e do CRLV com o mesmo valor jurídico dos documentos impressos. Depois de configurado, o aplicativo pode ser usado como meio de identificação pessoal e do veículo caso um agente de trânsito solicite. 

Ou seja, não é preciso carregar o documento impresso juntamente com o virtual, apenas o app já é suficiente. Lembrando que o download do software é grátis e não é preciso pagar nada ou se dirigir a um ponto de atendimento físico para validar a documentação. Você realiza todo processo pelo smartphone.

Como baixar e usar?

É possível solicitar as versões digitais da CNH e do CRLV por meio do aplicativo no celular. Para fazer login, basta usar CPF e a senha do gov.br, nova plataforma que unifica a autenticação de usuário nos serviços do Governo Federal. Caso você ainda não tenha cadastro online, é possível criar um na hora tocando na opção “Entrar com gov.br”.

Após acessar a conta, é preciso fazer o cadastro com o documento impresso em mãos. É possível configurar apenas a CNH, apenas o CRLV ou ambos. O aplicativo mostra uma cópia virtual do documento no celular, que serve como meio de identificação. Além disso, é preciso exibir um QR Code para o agente de trânsito como meio de validação do app.

Quais são as vantagens da Carteira Digital de Trânsito?

Tenha em mente que baixar Carteira Digital de Trânsito (CDT) não é obrigatório, mas oferece várias vantagens importantes para quem deseja habilitar a versão virtual dos documentos. Além de ter o mesmo valor oficial da versão impressa, ela fica disponível sempre offline no celular (só é preciso conexão para configurar pela primeira vez) e serve como precaução se o cidadão esquecer de levar a CNH consigo. 

Vale ressaltar que dirigir sem portar a habilitação é infração que rende multa de R$88,38, três pontos na carteira e retenção do veículo.

O aplicativo também pode gerar uma versão em PDF dos documentos do motorista e do veículo assinados digitalmente. De acordo com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), a cópia digital tem a mesma validade de uma cópia física autenticada em cartório.

É possível ter a CDT em mais de um celular?

Atenção, pois a Carteira Digital de Trânsito de uma pessoa só pode estar vinculada a um aparelho por vez. Ela funciona como o WhatsApp: ao registrar o aplicativo no seu nome em um segundo dispositivo, o anterior automaticamente deixa de operar, perdendo a validade e deixando de exibir os documentos.

E se o agente de trânsito não aceitar a Carteira Digital de Trânsito?

A portaria 184 do Denatran e as resoluções 684 e 720 do Contran garantem que o agente de trânsito é obrigado a aceitar a Carteira Digital. Para validar, é feita a leitura do QR Code gerado pelo aplicativo: a autoridade precisa apenas de um celular para ler o código e comprovar sua autenticidade. 

Se o guarda ou o policial não aceitarem o documento apenas por ser em forma digital, o Denatran recomenda registrar ocorrência no Órgão de Trânsito competente.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.